Contente

Leitura Bíblica: Salmo 149.1-4

Aleluia! Cantem ao Senhor uma nova canção, louvem-no na assembleia dos fiéis (Sl 149.1).

O que deixa você contente? Ima­gino que há muitas coisas que deixam você radiante e lhe trazem um sorriso ao rosto. Hoje quero convidá-lo a refletir sobre a importância de entoar canções de louvor ao Senhor. No livro dos Salmos encontramos muitos dos cânticos que o povo de Deus usava nos cultos. Somos inúmeras vezes incentivados a chegar à presença de Deus com cânticos alegres. As canções não somente alegram o Senhor, mas também trazem ânimo a quem está cansado, abatido ou preocupado.

Diz uma frase conhecida que “quem canta seus males espanta”. Nem sempre vivemos dias de felicidade. O dia a dia às vezes é extremamente difícil. Enfrentamos problemas diversos que nos trazem tristeza. Convivemos com nossos males e as mazelas daqueles que estão ao nosso redor. Diante dessa rea­lidade, podemos adotar uma postura de lamento e choro ou podemos tomar a decisão pessoal de nos alegrar apesar das situações adversas que passamos. E uma maneira de manter-se contente e feliz mesmo em meio às situações difíceis é cantar louvores a Deus. A alegria do Senhor é a nossa força. Com o júbilo que Deus coloca em seus filhos, eles podem encarar e superar seus maiores desafios.

Erga seus olhos e contemple a grandeza de Deus, visível em sua criação. Olhe ao seu redor e veja como ele cuidou de você até aqui, apesar das dificuldades. Lembre-se de Jesus e do quanto ele amou você, a ponto de dar a vida em seu favor. Considere o Espírito Santo, que o Senhor enviou a fim de ser consolador e conselheiro de todos os que creem. Há muitos motivos para cantar louvores a Deus. É da adoração ao Senhor que brota a semente da alegria que ajudará você a viver de forma contente.

Como você está hoje? Cante uma canção a Deus, com toda a sinceridade de seu coração. O Senhor se agradará disso e lhe dará força e alegria para sua vida. – Marcos Passig

Louvar a Deus na tristeza é a melhor forma de ajustar nossa perspectiva: Deus continua no controle!

Fonte: https://www.transmundial.com.br