Confie em mim!

Qual é a maior de todas mentiras? Um pergunta difícil em meio a tantas mentiras que já ouvimos. Poderíamos passar horas e horas pensando nas maiores mentiras que já ouvimos de outras pessoas ou até mesmo que contamos. Algumas que podem parecer inocentes, outras feitas mesmo para machucar. Mas qual a maior de todas? O Diabo não existe? Eu não tive a intenção?

São muitas, mas vou pontuar talvez a mais perigosa de todas quando dita pelo seu coração: “Confie em mim”. Parece estranho, mas quantas vezes você já ouviu frases como: “O meu coração diz que devo ser feliz, por isso vou sair de casa”, “Devo confiar em meu coração e não no que você está me dizendo”, ” Eu traí você pois estava seguindo  o meu coração.”

Quando Jeremias diz que o coração é mais enganoso do que todas as coisas, ele não fala isso levianamente. Nosso coração é corrupto, idólatra, pecaminoso, mais muitas vezes perdemos isto de vista. Quando olhamos, por exemplo, um político, que tem os mesmos problemas que o nosso coração tem, pedindo o nosso voto e confiança, confiaríamos nele? Pouco provável. Mas quando o nosso coração, nossa vontade diz, mergulhamos de cabeça nesta piscina sem água.

Mas se você não pode confiar em si mesmo, vai confiar em quem? Certo? Cristo, completamente consciente disso, nos diz o quê? Que suas ovelhas conhecem a sua voz e o seguem. Sim! Quanto mais nosso coração estiver gritando, tentando nos iludir, ainda mais precisamos ouvir a voz de nosso Supremo Pastor. Ele nos conhece, nos chama pelo nome. Deu a vida por nós, para que o segredo de tudo não fosse o “Conhece a ti mesmo” de Platão, pois o nosso eusempre vai nos enganar a confiar nele. A saída sempre é ouvir a voz daquele que nos conhece muito bem e nos guia.

Portanto, ao ouvir o “confia em mim” enganoso do seu coração, pare e escute o verdadeiro “Confie em Mim” de Cristo, onde deve estar nossa alegria, prazer e condução.

Em Cristo,

Pr. Léo